Desenvolvido por Arquitetas Invisíveis © | 2015

INÍCIO

QUEM  SOMOS

AS

MULHERES

 

GALERIA

 

REVISTA

O TRAÇO

É DELAS

 

DOWNLOAD

 

CONTATO

Sophia Hayden Bennett

Graduou-se em 1890, mas acabou trabalhando como professora de desenho técnico devido às pressões machistas que a impediam de ser contratada como arquiteta. Contudo, em 1891 viu um anúncio que convocava arquitetas para se inscrever para o projeto do Edifício da Mulher, que seria parte da Exposição Colombiana em Chicago. A proposta de Hayden, baseada em seu trabalho de conclusão de curso, foi um edifício de três pavimentos no estilo renascentista italiano. Em meio a treze propostas, o júri escolheu seu projeto para ser construído. Com apenas 21 anos, Hayden recebeu mil dólares por seu projeto, um décimo do que muitos arquitetos homens recebiam por um trabalho equivalente. A construção do edifício foi marcada pelo constante embate contra a arquiteta, imposto pelo comitê de construção. Sob rumores de que ela teria surtado, foi colocada em um sanatório durante certo período, impedindo-a de comparecer à cerimônia de inauguração do edifício. O fato foi usado por muitos homens na época como prova de que mulheres não poderiam ser arquitetas.

 

 

PIONEIRAS

 

País de origem: Chile

Nascimento: 1868

Morte: 1953

Formação: MIT (Massachusetts Institute of Technology), Boston, EUA.

Locais de atuação: Estados Unidos da America

Projetos Selecionados:

  • Pavilhão da Mulher, Chicago – EUA

 

Curiosidades: Sophia Gregoria Hayden Bennett nasceu no Chile, em 1868, e viveu até 1953. Mudou-se muito jovem para os Estados Unidos, onde se formou e construiu toda a sua carreira profissional. Sophia foi a primeira mulher a ser aceita no curso de arquitetura do Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

 

PIONEIRAS

NAS

SOMBRAS

 

ARQUITETAS

 

URBANISMO

 

PAISAGISMO

TRABALHO

SOCIAL

ARQUITETURA

SUSTENTÁVEL